Nossa visão / Células



A igreja primitiva era uma igreja de duas asas: ela se reunia tanto no templo quanto nas casas. A comunhão era profunda e o corpo era verdadeiramente unido. Ao longo dos anos a igreja foi perdendo uma de suas asas, as reuniões nas casas, e com isto a comunhão também foi se desfalecendo, até o ponto em que os cristãos só se encontravam com seus irmãos após os cultos de domingo, e ninguém sabia verdadeiramente como estava o outro irmão. Todos estavam juntos, porém sozinhos. Um pássaro pode até tentar voar com apenas uma asa, mas ele não fará mais do que correr em círculos nestas circunstâncias. Assim também é a igreja: para voar alto é preciso que as duas suas asas estejam fortalecidas. As células são a restauração da segunda asa da igreja.

Na Ibecep a base de tudo está nos pequenos grupos. Esta é a nossa visão e escrevemos este artigo para esclarecer todas as dúvidas as células. Se você nunca participou de uma célula mas tem curiosidade sobre o que são e o que acontece nestes encontros de pequenos grupos, leia este artigo com atenção. Queremos que não restem dúvidas.

O QUE SÃO AS CÉLULAS?

Esta é uma boa forma de começar. Explicando de forma simplificada: células são encontros semanais de pequenos grupos para adorar e ouvir a palavra do Senhor, compartilhar experiências a respeito dela e alcançar novas pessoas para Cristo.

Em um determinado tempo um grupo de pessoas percebeu que a forma tradicional de viver em igreja não era completa pois não havia uma forma de desenvolver comunhão profunda com os outros irmãos. Basicamente, as pessoas iam aos cultos e, depois, para casa. A proposta das células é exatamente desenvolver esta comunhão mais verdadeira com outros irmãos da igreja, que serão as pessoas que estarão ao seu lado quando você precisar.

O QUE ACONTECE NAS CÉLULAS?

Os encontros semanais das células são formados por quatro direções: para dentro, para cima, para baixo e para fora. Parece complicado, mas é bem simples.

→ Para dentro: quando compartilhamos opiniões, histórias, coisas que aconteceram em nossa vida, enfim, desenvolvemos comunhão e nos conhecemos melhor - obviamente, ninguém é obrigado a falar ou compartilhar coisas de suas vidas. Só fala sobre si quem sente-se à vontade para isto. Chamamos este momento de Quebra-Gelo.
↑ Para cima: é o momento de adoração ao Senhor, quando nós cantamos louvores e adoramos a Deus.
↓ Para baixo: é a parte de Deus para nós, quando ouvimos a palavra do Senhor e conversando sobre ela, acrescentando novas experiências.
← Para fora: quando nos preocupamos com quem está fora e não conhece ao Senhor. As células são sempre abertas para visitantes com ou sem igreja, de qualquer religião.

Outra forma de exemplificar o que acontece nas células está escrita na própria bíblia, em I Coríntios 14:26: "Portanto, meus irmãos, o que é que deve ser feito? Quando vocês se reúnem na igreja, um irmão tem um hino para cantar; outro, alguma coisa para ensinar; outro, uma revelação de Deus; outro, uma mensagem em línguas estranhas; e ainda outro, a interpretação dessa mensagem. Que tudo seja feito para o crescimento espiritual da igreja."

Viu? Células são reuniões simples orientadas por um líder de célula. Em uma analogia, são como "cultos em casa", só que muito mais pessoais. As pessoas sentam-se sempre em círculo para que possam se ver e podem falar a qualquer momento.



DE ONDE VEM O NOME "CÉLULA"?

Boa pergunta! Acompanhe nossa lógica: a igreja é o corpo de Cristo e Ele é a cabeça do corpo. Biologicamente falando, todo corpo é formado de células, que são as menores partes dele que em conjunto formam os órgãos e o corpo como um todo. Por isto que chamamos nossas reuniões semanais de células: elas são as pequenas partes que funcionam separadas umas das outras mas que, juntas, formam o corpo de Cristo, a igreja.

A BÍBLIA FALA SOBRE CÉLULAS?

A bíblia não cita a palavra "célula", até porque este conceito é recente se comparado com os tempos da igreja primitiva. Entretanto, na bíblia há relatos de que os cristão daquela época se reuniam também em suas casas, como está escrito em Atos 5:42: "E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar e de anunciar a Jesus Cristo".

O que nós buscamos com as células é voltar a forma como a igreja primitiva fazia, tornando mais verdadeira a nossa comunhão como irmãos em Cristo e mais eficaz a nossa missão de alcançar novas pessoas para Cristo.

A IBECEP CRIOU AS CÉLULAS?

A ideia das células não foi criada pela Ibecep. Fomos pioneiros neste modelo de igreja em Cachoeiras de Macacu (onde estamos), mas pelo Brasil diversas outras igrejas já o seguiam. Há diversas formas de igrejas em células, cada qual fundada e difundida por um ministério. Entre as mais famosas, podemos citar o modelo do Ministério Igreja em Células no Brasil, que é a forma na qual a Ibecep se baseou. Para entender melhor este modelo encorajamos você a conhecer o site do MIC (www.celulas.com.br).

É importante não confundir. Nem todos os modelos de igreja em células são iguais. O Grupo dos 12, por exemplo, tem distinções do modelo que seguimos e acreditamos ser mais adequado à nossa realidade.

***

Esperamos que esta página tenha resolvido algumas das suas dúvidas sobre o que são as células. Se você nunca visitou alguma, recomendamos e gostaríamos muito que você o fizesse para viver a verdadeira experiência de estar em um grupo unido através da comunhão e com um mesmo propósito. Se você ainda tem dúvidas sobre o que são, como funcionam ou qual a razão da existência das células, procure um líder de célula da nossa igreja, nosso pastor ou, ainda, envie uma mensagem para nós (clique aqui).

 
  • Facebook
  • RSS
  • Delicious
Igreja Batista em Células em Papucaia | Histórico do site - Email - Arquivos e logotipos - Enviar informações
Conteúdo protegido sob licença Creative Commons BY-NC-ND 3.0 - Desenvolvido pela Ibecep com base em template de Web2feel.com